WILLIAM BRANHAM ERA RACISTA?

From BelieveTheSign

William Branham era racista? Seus seguidores são racistas?

Em que William Branham acreditava?

William Branham era soberano naquilo em que acreditava e no que pregava. Então, não surpreende que isso também seja verdade quanto à sua posição de racismo. Ele afirmou claramente em 1947 que:

“Se você é preto, branco, amarelo, vermelho, americano, canadense, russo, espanhol, mexicano, de onde quer que você vem, nós somos um em Cristo, cada um de nós. Deus não ama a um mais do que ama a outro. Ele não me ama mais do que ama você. Ele não ama você mais do que ama a mim. Então aqui estamos nós. Somos todos um em Cristo Jesus. (OS FILHOS DE ISRAEL, FÊNIX, ARIZONA 47-1123)

Mas, em anos posteriores, ele afirmaria que era segregacionista (N.T.: alguém que defendia a separação entre brancos e negros na sociedade), era anti-miscegenista (N.T.: alguém contra a união de pessoas de etnias diferentes, por exemplo, um homem branco e uma mulher negra, ou vice-versa, sendo fortemente contra o casamento birracial.) e pensava que Martin Luther King Jr (N.T.: pastor negro norte-americano, um dos expoentes da luta pelos direitos civis dos negros) era um comunista.

No período final de sua vida, a insistência de William Branham em muitas doutrinas controversas tornou-se quase que desesperada. Isso também parece ser verdade a respeito de suas posições sobre miscigenação. Nós não pudemos encontrar qualquer oposição a casamento misto em nenhum dos sermões de William Branham anteriores a 1960. Seus comentários mais duros sobre isso parecem ter ocorrido nos seus últimos anos de vida.

O primeiro pastor de William Branham, Roy Davis, teve laços significativos com a KKK (Ku Klux Klan, seita racista, que usava inclusive de violência brutal contra os negros, N.T.) e Branham indicou que quando era um garoto, a KKK pagou suas despesas em um hospital. (ver notas abaixo).

William Branham também ficou claramente do lado de George Wallace, o governador do Alabama em 1963, que disse:

“O presidente (John Kennedy) quer que esse estado se renda a Martin Luther King e seu grupo pró-comunistas que instituíram essas demonstrações.” (New York Times, 09/05/1963)

Em que creem os seguidores de William Branham?

Deve ser compreendido que os seguidores de William Branham crêem que sua palavra supera a Bíblia (em autoridade, N.T.). Então, quando ele afirmou que casamentos mistos eram impróprios, seus seguidores acreditaram que o casal em um casamento birracial está claramente desobedecendo a Deus. Donny Reagan, o pastor da igreja de Jesus Cristo Happy Valley (Vale Feliz), em Johnson City, Tenessee, obteve notoriedade por um dizer em um sermão que proferiu em 24 de abril de 2013, que focava em casamentos inter-raciais (aqui raça deve ser entendida no sentido popular do termo, pois biologicamente a espécie humana é constituída de uma só raça; as variações de cor, aparência, etc, não são resultantes de diferenciação significativa que justifique a divisão em raças, N.T.). Um clipe desse sermão foi postado no Youtube mas foi retirado após o pastor Donny Reagan ameaçar entrar com um processo por violação de direitos autorais. Reagan fala assim nesse sermão quando afirma que se Moisés estivesse aqui agora, ele teria que obedecer a William Branham. Esse termo claramente mostra que Donny Reagan não crê na Bíblia mas sustenta que Branham estava acima da Bíblia.

Reagan também disse isso em determinado momento:

“Há um movimento na mensagem, de negros casando com brancos, brancos casando com negros. E, gente, eu acho que está tudo bem, mas você sabe, meu Deus ainda tem nacionalidades fora da cidade.”

Com essa afirmação, Donny Reagan está insinuando que crianças misturadas estão destinadas ao inferno. Isso é porque os seguidores da mensagem de Branham creem que eles são a Noiva de Cristo e residirão em Nova Jerusalém enquanto aqueles cristãos que não estão no grupo de elite (qualquer um que não segue William Branham) farão parte da nações fora da cidade. A única outra opção é o inferno.

O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE CASAMENTOS BIRRACIAIS?

Os hebreus foram proibidos de casar com os cananeus e outros povos pagãos (veja Êxodo 34.11-16 e Deuteronômio 7.1-3). A razão era que essas pessoas adoravam ídolos, não por causa de “raça”. De fato, os hebreus, os amorreus , os cananeus, etc , eram todos racialmente similar.

Moisés era casado com uma mulher etíope e foi criticado por sua família por isso:

“Míriam e Aarão falaram contra Moisés por causa da mulher cuxita com quem ele casou, porque ele casou com uma mulher cuxita”.

Um cuxita vem de Cuxe, um lugar ao sul da Etiópia, onde as pessoas são conhecidas pela pele negra. Nós sabemos isso devido a Jeremias 13.23: “Podem os etíopes mudar sua pele ou o leopardo suas marcas?” (a palavra traduzida por cuxitas em Números 12.1 é a mesma traduzida por etíope em Jeremias 13.23).

Em resposta à crítica de Míriam, Deus não se ira contra Moisés; Ele se ira contra Míriam. Então Deus atinge Míriam com lepra. Por que? Considere essa possibilidade. Em Sua ira contra Míriam, irmã de Moisés, Deus diz, com efeito: “Você quer ter a pele clara, Míriam? Eu a tornarei branca.” Então, lemos: “Quando a nuvem moveu-se de sobre a tenda, eis que Míriam estava leprosa, como a neve”. (Nm 12.10)

Deus não faz uma única crítica a Moisés por este ter casado com uma mulher cuxita negra.

Na verdade, não há uma só passagem na Bíblia que condene ou mesmo desencoraje casamento birracial.

CITAÇÕES DE WILLIAM BRANHAM

KKK (Ku Klux Klan)

Parece que William Branham tinha um lugar especial para a KKK. Seu primeiro pastor, Roy Davis, era um membro bem conhecido da KKK. William Branham também parece ter confundido a KKK com a maçonaria, e há alguma especulação de que a KKK se envolveu com os Maçons.

“Mas ela, através de sua sociedade de igrejas e a Ku Klux Klan, pagaram a despesa do hospital para mim, Maçons. Nunca os esquecerei. Vê? Não importa o que eles são, ou o que, Eu continuo... Há algo, e aquilo está comigo, vê, o que fizeram por mim. E pagaram a despesa ao Doutor Reeder. Ele ainda vive, mora aqui em Port Fulton, poderia lhe contar a história.

(ALMAS QUE ESTÃO EM PRISÃO AGORA, Jeffersonville, V-2 N-22 Domingo 63-1110m)

“...Porque Eu - Eu acredito que está tudo certo com os maçons, mas a loja maçônica nunca tomará o lugar da Igreja, ou do Sangue de Jesus Cristo. Toda a minha gente é maçom, e tudo certo com eles como uma loja. Mas não tomarão o lugar da Igreja. E o problema disso é, você pega uma igreja, até que não seja mais que uma loja maçônica, ou outra loja qualquer. A igreja é uma casa de Deus onde Cristo vive e manifesta a Si Mesmo no meio do povo. Correto.”BE.NOT.AFRAID.IT.IS.I_(NÃO TEMAIS. SOU EU, BLOOMINGTON.IL , sexta-feira, 61-0414)
Vocês, maçons. Chamarei sua atenção. Vocês lembram o sinal da cruz? Agora, vocês sabem do que estou falando. THE.FIFTH.SEAL_(O Quinto Selo JEFF.IN 63-0322 )

CASAMENTO MISTO

“Hibridização, hibridização, oh, que terrível, hibridização. Eles hibridizaram as pessoas.Vocês sabem que é uma grande fôrma. Eu tenho centenas de preciosos amigos de cor que são cristãos nascidos de novo. Mas sobre essas linhas de segregação e coisas a que estamos nos referindo, hibridizando as pessoas. Agora me diga, que mulher de cor bem educada gostaria de ter um bebê mulato de um homem branco? Não, senhor. Não está certo. Que mulher branca gostaria de ter um bebê mulato de um homem negro? Deus nos fez o que somos. Vamos ficar com o que Deus nos fez. Eu creio que é certo.“(CONDEMANTION BY REPRESENTATION. Condenação por Representação. Jeffersonville, 60-1113)


“Hoje, nós temos tanta confusão e barulho a respeito dessa segregação de brancos e negros e tudo o mais. Por que não deixam disso? Deixe do jeito que Deus fez. Diga-me qual mulher de cor realmente boa, esperta, inteligente, bonita, iria querer ter um filho de um homem branco para fazê-lo um (bebê) mulato? Não faz sentido. Muitas coisas que as pessoas de cor tem estão bem além daquelas de um homem branco.
Eu acho que aquele ministro de cor (negro, N.T.) que estava aquele dia lá em Shreveport. Ele disse ‘Eu nunca me envergonhei de ser um homem negro. Deus me fez negro, e eu aprecio a maneira que o meu Criador me fez. Foi da maneira que ele me quis’. Mas disse, ‘Hoje, vendo o modo como o meu povo está agindo, então eu sinto vergonha de ser um homem negro’. Deus abençoe seu coração leal. Certamente.
Que bem uma mulher branca quereria obter tendo um filho de um homem de cor, fazendo-o uma criança mulata? Não é sensível. Se Deus quisesse um homem marrom, preto, branco, qualquer que seja a cor que Ele o quisesse, aquilo é criação de Deus. Aquela é a maneira que Ele o quis. Ele quer flores brancas, flores azuis; Deus é Deus de variedade. Ele gosta de grandes montanhas, pequenas montanhas, desertos, planícies, branco, preto, baixo, gordo, e indiferente. Deus é Deus de variedade.
Se eu fosse um homem de cor, ou marrom, ou amarelo, ou vermelho, eu estaria feliz com isso. Sim, senhor. Certamente estaria. Aquela é a maneira que meu Criador me quis e esse é o jeito que eu sou. Correto. Por que o homem quer reclamar de qualquer coisa? Quando ele faz isso, arruína-se. Deixemos do jeito que Deus fez. Deixar um ser o que ele é; pela graça de Deus, deixe-o ser.
Mas ele tem que causar grande confusão convocando nossos... provocando distúrbios, e grandes confusões, e tudo o mais afeta as nações, e afeta o mundo apenas porque ele quis mergulhar sua cabeça em algo. Aquilo é a ignorância do homem. Correto; híbrido novamente. Ao invés de deixar do jeito que Deus quer, ele quer fazer de sua própria maneira. Ele tem que fazer algo a respeito disso, você sabe. Ele quer fazer um nome para si mesmo. Deus tenha misericórdia dele. É algo vergonhoso.” (BUT IT WASN’T SO FROM THE BEGINNING. Mas não foi assim no princípio. Bloomington, IL, Terça-feira, 61-0411)


Ele faz o branco, o negro, o vermelho. Nunca deveríamos ir além. Se torna um híbrido. E qualquer coisa híbrida não pode se reproduzir. Você está arruinando a raça da gente. Tem algumas coisas a respeito do homem de cor que um homem branco nem possui em seus tratos. Um homem branco está sempre agitado e preocupado; um homem de cor fica satisfeito com a situação em que está, então eles não precisam dessas coisas.” (O, LORD, JUST ONCE MORE. Ó, Senhor, Apenas uma Vez Mais. Hot Springs, AR 63-0628)


E sobre outro dia quando tivemos esse assunto de segregação, no Sul? Quando esse governador do Alabama... eu gostaria de falar com aquele ministro, aquele Martin Luther King. Como aquele homem ser um líder, e levar seu povo a uma armadilha mortal? Se aquelas pessoas fossem escravas, eu estaria aqui, tirando meu agasalho, dando àquela gente. Eles não são escravos. Eles são cidadãos. Eles são cidadãos da nação. A questão “de ir à escola”.
Essa gente, se eles têm um coração endurecido e não sabem dessas coisas. Você não pode dirigir a um povo, coisas espirituais, que estão misturadas com forças políticas. Eles têm que aceitar isso, nascer de novo, então verão essas coisas.
Esse homem, o irmão de cor, quando aquele grande levante em Louisiana, eu estava lá na época. Quando o... Há um ministro de cor, precioso velho irmão, ergueu-se lá e disse, pedindo à milícia, “Posso falar com eles? Eles são meu povo.” E esse velho ministro levantou-se, foi lá e disse: “Eu quero dizer, nessa manhã, que eu nunca me envergonhei de minha cor. Meu criador me fez do jeito que sou”.
Esse é o jeito que Ele quer que permaneça. É o modo que Ele quer que todo homem permaneça. Ele faz flores brancas, e flores azuis, e flores de todas as cores. Não faça cruzamento delas. Não cruzem elas. Você vai contra a natureza.
Homens e mulheres têm seus próprios direitos. Nossos irmãos de cor, e nossos japoneses, e os amarelos, brancos, pretos, o quer que sejam. Não há diferença na cor de um deus. Todos nós viemos de um homem, Adão. Mas Deus nos separou e nos tornou em cores diferentes, vamor permanecer desse jeito. Se eu fosse um- um homem amarelo, eu quereria permanecer um japonês, ou chinês. Se eu fosse um homem de cor, eu iria querer permanecer desse jeito. Deus me fez assim.
Francamente, há muita coisa na raça negra que a raça branca deveria ter. Eles não têm preocupação. Eles são mais espirituais. Há mil coisas a respeito deles que o homem branco não pode nem mesmo tocar. Deus nos fez assim.
Quem poderia superar um coro de negros? Onde achariam as vozes? Eu os tenho visto vir de longe, não sei de onde, um à direita e outro à esquerda. Trinta ou quarenta diferentes tribos deles, e eles cantam em um local, os mestres ficam lá, dizendo: “Eu não alcanço isso”. Ele treinou corais por anos, e um será uma oitava acima, e abaixo, e tudo. Dizendo “ouçam aquilo, tão perfeito, mesmo numa língua diferente”. Ele têm o dom.
E outro dia, quando o governador postou-se aqui, eleito e juramentado para aquele ofício, pelo povo, e a questão da segregação de acordo com a Constituição é, que cada-cada estado pode seguir seu próprio pensamento a respeito. Ele não se importou, mas leu a Constituição, dizendo, “Agora, a escola mantém a segregação”. Eles tinham uma escola lá. E somente duas crianças de cor queriam frequentar aquela escola, quando eles tinham sua própria faculdade. Mas ele veio e disse “O quê?” Ele só leu a constituição.
Então quando se voltaram para esse companheiro aqui, que não conhece José, liberdade. Disputando por aqueles votos de cor, e não sabendo que era o Partido Republicano que os libertou em primeiro lugar. Vendendo seus direitos de herança, para uma coisa dessas, que os levará a uma armadilha mortal, para mostrar que todo sistema feito pelo homem cairá. Exatamente certo. E o Sr. Kennedy nacionalizou aquela guarda, e enviou aqueles homens para enfrentar seus próprios pais que elaboraram a Constituição. Isso rompeu a Constituição novamente.
Disseram “Nós não lutaremos. Não, senhor! E disse “Eu espero que a nação perceba que não mais vivemos em uma democracia, mas debaixo de uma ditadura militar”.
Um coisa, eu oro para que o irmão Martin Luther King desperte o mais breve possível. Ele ama sua gente; sem dúvida. Mas se ao menos ele enxergasse onde está sua inspiração. Que bem você terá em ir para a escola e um milhão de vocês caírem mortos? Não seria apenas ir à escola, seria a mesma coisa? Agora, para-para a raiva, se fosse algo mais, escravos, o homem seria um mártir ao dar sua vida por uma causa destas, uma causa digna, que fosse uma causa digna. Mas ir para a escola, eu não entendo. Vê. Eu não acho que o Espírito Santo esteja de acordo com ele, afinal de contas, naquilo. Ele envolverá o povo numa grande confusão.
Como-como Hitler fez, na Alemanha, levou-os direto a uma armadilha mortal, eles, os preciosos alemães. E eles jazem aos bilhões, ou milhões, empilhados um sobre o outro.
É exatamente a mesma coisa. E lembre-se, eu estou gravando. Você verá, depois, talvez depois que eu já tiver partido. Aquilo é exatamente o que vai acontecer. Essas pessoas preciosas morrerão aqui mesmo, como moscas. Começa como um revolucionário, ambos brancos e negros lutarão novamente, e morrerão como moscas. E o que se obtém após isso tudo acabar? Um monte de gente morta. (THE THIRD EXODUS. O Terceiro Êxodo. Jeffersonville. 63-0630).


Agora, eu não acredito em casamentos mistos. Eu creio que um homem branco não deve se casar com uma garota de cor, ou uma moça de cor casar com um homem branco, ou um amarelo casar com uma pessoa de cor, ou um branco, ou um... eu creio que o marrom, preto, branco, e raças de pessoas são como um jardim de flores de Deus, e eu não creio que eles devessem ir além desse limite. Eu creio que foi a maneira que Deus os fez, e eu creio que é o modo como devem ficar.
Que... me perturba ver algumas moças de cor realmente bonitas, inteligentes, bela aparência, tão belas quanto qualquer mulher que você queira ver... O que ela quer casando com um homem branco e tendo filhos mulatos? O que uma garota de cor inteligente quer com uma coisa dessas? É devido a algo... aquele comunista... E como um excelente homem de cor poderia querer casar com uma mulher branca e ter filhos mulatos?
Eu não creio eu... eu creio que você deve permanecer do jeito que nós estamos. Somos servos de Cristo. E Deus me fez... se Ele me fez, minha cor preta, eu ficaria feliz em ser um homem preto para Deus. Ele me fez amarelo, eu seria feliz em ser um homem amarelo para Cristo. Ele me fez branco, eu seria feliz em ser um homem branco para Cristo. Ele me fez marrom, ou vermelho, ou índio, o que quer que seja, eu permaneceria com minha mesma cor. Seria eu. Eu quer ser como o meu Criador me fez.
Naquele dia, lá em Shreveport quando veio aquele levante, e havia todos aqueles jovens de cor inspirados pelo comunismo...
Eu disse a vocês nesse púlpito, Martin Luther King is o maior embaraço que as pessoas de cor já tiveram. Certo. Aquele homem está levando milhares deles ao sacrifício (Isso mesmo), inspirado pelo comunismo. Deixe-me provar o que digo. Eu disso isso cerca de dois anos atrás. Olhe o que está acontecendo agora. Eles disseram que lutavam por integração, e quando a lei deu-lhes integração... e vocês que não acreditam em integração, sintam vergonha de vocês mesmos. Nossa nação permite integração, e devemos fazer o que nosso chefão manda que façamos. Isso é exatamente correto. E agora,você diz...não é para vir em lugares, coisa assim, ou shoppings, ou ficar na parte de trás do ônibus, e coisa assim, não , senhor. A lei diz que eles são iguais a nós, e nós somos iguais a eles; então façamos assim. Que seja desse modo. E é assim que é aquele que é verdadeiramente nascido de novo crê. E agora, creio que está em seus corações.
Eu nunca tive um sentimento desses por pessoas como aquele povo pobre na África, o modo como eles são tratados. E eu não creio naquilo. Eu sou sulista. Nasci além do rio, mas sou como Abraham Lincoln; eu venho aqui, porque creio que os homens nasceram iguais. Correto. E não creio em separar pessoas e coisas assim, quando as pessoas são batizadas com o Espírito Santo e assim por diante.
Mas veja, não são as pessoas de cor genuinamente nascidas de novo que estão causando esse problema. Você os quer condenar por aquilo, o que dizer sobre nossos rapazes brancos renegados? Vê? Agora o caldo está pronto. Por que nossas crianças brancas causam duas vezes mais problemas do que eles. Isso é correto. Onde está? Em nossas faculdades e coisas assim. Algumas de nossas pessoas mais bem educadas estão causando isso. Vê?
Bem, o que é isto? Agora, para lhes mostrar que é comunismo e não eles, as pessoas de cor, aquilo é como o comunismo sempre vem para controlar. Eles fazem isso em todas as nações. É como eles fazem, jogando um contra o outro, revolução, depois eles tomam tudo sem dar um tiro. Eles não querem detonar este país; eles o querem. Eles podem se infiltrar. E agora, eles veem a oportunidade de fazer isso, e eles sabem que o que a velha revolução foi, e acham que podem iniciar outra revolução.
Para provar que minha opinião é clara, após eles conseguirem ter a integração (eles a tem agora, legalmente, totalmente legal.) eles estão causando mais transtornos agora do que eles fizeram primeiramente. Vê? Isso mostra que é comunismo e não eles, almas preciosas nascidas do Espírito de Deus. (QUESTIONS AND ANSWERS 4, Perguntas e Respostas Nº 4, Jeffersonville, 64-0830E).


Nós estamos nos afastando, procurando por um messias (algo) que venha e nos salve, nos livrando de tudo isso. Nós observamos... os problemas no Oriente. Olhamos para a África e os levantes, e os problemas raciais, e a integração, e segregações. E todos nós alertamos aqui mesmo não muito tempo atrás (nossos amigos de cor) a respeito disso, “Nós temos, nós temos que ter integração. Isso é o que precisamos. Devemos ter integração; todo homem, igual, cada homem.” Bem, aquilo é perfeitamente correto. Está tudo certo. Eu não creio em escravidão. E eles, essas pessoas não eram escravas, para começar. Elas não são escravas.
Deus é segregacionista. Eu também. Qualquer cristão é segregacionista. Deus segrega o povo dele dos demais. Eles são...Eles sempre foram uma segregação. Ele escolheu uma nação. Ele escolhe um povo. Ele é segregacionista. Ele fez todas as nações. Mas ainda, um cristão real genuíno tem de ser segregacionista. Separando a si mesmo das coisas do mundo e de tudo e ter um propósito, Jesus Cristo.
Mas eles insistem naquilo. Eu tentei dizer-lhes, “Isso não é o que vai salvar nossa nação. Isso é apenas um esquema político. É algo de fundo comunista”. Eu acho que Martin Luther King está conduzindo seu povo a um grande sacrifício, e massacre, no qual eles jamais participaram. E eles...veja você, que não vão unir o mundo. Aquilo não vai nos salvar. Nos lhes demos integração. Agora está pior do que jamais foi. Veja, isso não é a questão. Há somente uma coisa que pode: Deus. E eles certamente não o querem. (WHO DO YOU SAY THIS IS. Quem vocês dizem ser. Fênix, AZ. 64-1227).

Conclusão

O artigo original em inglês pode ser lido aqui - Was William Branham a racist?

A primeira parte desta tradução pode ser lida aqui: https://www.facebook.com/diarioexwilliambranham/posts/1522058948105628

Comentários do tradutor:

Para uma melhor compreensão da gravidade descrita nessas várias citações, é necessário conhecer um pouco daquele período da história norte-americana. Até meados dos anos 1960 havia segregação racial em vigor nos Estados Unidos. O que significa isso? Que as pessoas de "raça" branca tinham privilégios em relação às pessoas de outras etnias. Por exemplo: havia escolas só para brancos, escolas só para negros, banheiros para brancos, banheiros para negros, nos ônibus e demais transportes coletivos um negro que estivesse sentado deveria ceder seu lugar para o branco, caso não tivesse mais lugares disponíveis.

E outra coisa que me chama a atenção. William Branham mistura conceitos de forma até desonesta, ao insinuar que se um negro reivindicasse direitos estava negando o próprio Criador, como se direitos básicos de respeito e civilidade estivessem vinculados à cor da pele.

E sua condenação aos casamentos entre pessoas de "cores" diferentes seria motivo de prisão hoje em dia.

Quanto ao pastor Martin Luther King nunca vi evidência alguma de que ao menos simpatizasse com o comunismo, como Branham o acusa. Pelo contrário, enquanto Branham só sobrevive em sua seita de culto à personalidade, tornando-se pouco mais do que notas de rodapé nos livros de História da Igreja e semelhantes, Luther King é reconhecido como uma das mais fortes e influentes personalidades do Século XX.

E prestem atenção em outra afirmação fracassada de Branham, de que Luther King levaria milhões de negros à morte.

Quem tiver curiosidade pode pesquisar na internet a respeito da segregação racial nos Estado Unidos e Martin Luther King, Jr.

Observação 1: Há um filme bem interessante, ambientado naquele período, chamado QUASE DEUSES, sobre a história de uma das mais revolucionárias técnicas de cirurgia cardíaca já elaboradas. E teve um negro como um de seus principais personagens.

Observação 2: Ainda não pude revisar essa tradução, portanto devo fazer correções e edições nos próximos dias, com fins de maior precisão, clareza, fluidez e elegância no texto.