Português

From BelieveTheSign

Catorze Convertidos


Catorze conversões são relatadas em uma reunião de tenda, realizada nas Ruas Eighth e Pratt, pelo Reverendo William Branham.


Jeffersonville Evening News, 02 de Junho de 1933


1933 Ohio River Experience

14Converted.jpg

A Simples Verdade Sobre A Profecia Da Ponte

William Branham profetizou que 16 homens cairiam da ponte municipal de Louisville e se afogariam durante a construção da mesma.

"Eu olhei para o rio, e foi-se a uma ponte. Um grande, uma ponte muito grande, indo pelo rio. E eu contei dezasseis homens que cairam da ponte e se afogaram. E eu fui e contei para mamãe.... E 22 anos depois, no mesmo terreno por onde foi a Ponte Municipal, e 16 homens perderam a vida sobre ela". William Branham, 3 de março de 1948.

Apenas duas pessoas morreram durante a contrução da ponte memorial de Louisville e nenhum se afogou.

Aqui estao as revistas recortadas, reportando a morte de Richal Pilton em 18 de Junho de 1929 e de Loyd McEwam em 9 de Setembro de 1929 durante a construção da Ponte Municipal de Louisville.

Jeffersonville Evening News, 19 de junho de 1929

Bridge Life 1.jpg

.....

Morreu a primeira pessoa na instalação da nova ponte municipal de louisville, Jeffersonville.

Era aproximadamente 14:30 na tarde de quarta feira, Richard pilton, 26 anos de idade, de Jeffersonville, foi atingido por uma manivela que foi usada para apertar um cabo de aço perto do pilar numero cinco. O golpe derrubou o trabalhador para fora de uma barca ao lado do pilar, e seu corpo caiu no rio. O corpo foi recuperado cinco minutos depois pela guarda costeira dos estados unidos.

O vice legalista de louisville, Joseph Beck disse que a morte de Pilton deu-se devido a uma fractura no crânio. Ele foi empregado há dois meses pela companhia americana de pontes, com a qual tinha contrato como ferreiro da ponte municipal. Outros quatro trabalhadores estavam perto quando piton foi jogado no rio, Edward Gibbs, Franck Pezzullo, Edward Cornell, Alfred Sult e William Seibert foi o guarda costeira que recuperou o corpo.

Por mais de um ano os trabalhadores têm se engajado na construção da ponte de tráfego sobre o rio ohio, de Jefersonville para Louisville. Um programa de segurança inaugurado pelas companhias e contratadores que colocaram homens a serviço nessa construção, foi reconhecido como eficiente, neste que é o primeiro acidente sério e fatal que aconteceu...


Jeffersonville Evening News, 10 septembre 1929

Bridge Life 2.jpg

.....

TRABALAHADOR MORRE EM QUEDA DE 85 PÉS DE ALTURA DA PONTE DE TRÁFEGO.

Lloyd McEwen, 25 anos, rebitador, empregado pela companhia americana das pontes, contradores para construção da nova super-ponte de aço, de Jeffersonville para Louisville, morreu quando era 11:30, na manhã de quarta feira quando caiu numa altura de 85 pés da ponte à baixo para um barco contendo aço, que estava ancorado no rio.

A morte de McEwen aconteceu por ter quebrado o pescoço. O medico legalista Asa D. Comba, relatou na quarta feira que ele também quebrou uma costela, o braço esquerdo e tinha lacerações em sua cabeça.

O operário que viu o homem cair, contou que ele trabalhava no chão da ponte e aparentemente deu um passo em falso e perdeu o equilíbrio.

A morte de McEwen foi a segunda ocorrência desde que a ponte foi iniciada, a um ano atrás.

Dissonância Cognitiva

Uma das principais razões pelas quais os crentes da mensagem não podem aceitar informações que exponham as discrepâncias a respeito dos ensinos de William Branham é devido à Dissonância Cognitiva. O QUE É DISSONÂNCIA COGNITIVA?

Dissonância cognitiva é um termo usado em psicologia para descrever a sensação de desconforto quando se é confrontado com fatos ou informações que estão em conflito com uma crença há muito estabelecida. Num estado de dissonância, pessoas podem sentir algumas vezes “desequilíbrio”, em geral, frustração, náusea, ameaça, culpa, raiva, embaraço, ansiedade, etc.

A Dissonância Cognitiva leva as pessoas a aceitarem qualquer informação que afirme suas opiniões já estabelecidas, ao invés daquelas informações que possam se referir a algo que as contradiz.

A maioria das pessoas evitará situações ou fontes de informações que façam surgir nelas sentimentos de inquietação ou dissonância. Se essa inquietação não for reduzida através da mudança daquilo em que se acredita, a dissonância pode ser resolvida através de falsa percepção, rejeição ou refutação da informação, ou procurando apoio de outros que compartilham crenças alternativas.

A Dissonância Cognitiva geralmente é a primeira reação que alguém tem quando confrontado com os sérios problemas que há na mensagem de William Branham. Essa é uma reação natural uma vez que os crentes consideram os ensinamentos da mensagem como verdade absoluta.

Apenas quando se supera a Dissonância Cognitiva e se examina sinceramente os fatos que expõem o erro da mensagem, que se torna possível abraçar totalmente a verdade e seguir adiante (para fora do erro, observação minha, JHC). Mais informações, em inglês


Navigation